DICAS ÚTEIS &

PERGUNTAS FREQUENTES

O planejamento pode fazer a diferença na hora de curtir o seu pedal pela Volta das Transições. Conhecer os detalhes e características da região pode enriquecer o passeio e ainda evitar imprevistos durante a viagem. Em caso de dúvidas, consulte a seção: Perguntas frequentes (FAQ) ou entre em contato com o Circuito Serras de Ibitipoca.

Perguntas frequentes

O roteiro pode ser Autoguiado ou preciso contratar os serviços de um operador de turismo credenciado?


O Circuito Serras de Ibitipoca disponibiliza diversas ferramentas para o ciclista percorrer o roteiro da Volta das Transições sem a necessidade de contratar um operador ou guia de turismo. No site você encontra as Planilhas de navegação para impressão e instruções para utilização do aplicativo Wikiloc (recomendado) em seu smartphone além das placas de sinalização que auxiliam a localização durante todo o percurso do roteiro. Contratar pacotes de turismo com um operador credenciado é opcional, porém se você optar por realizar o passeio sem acompanhamento, não se esqueça de efetuar as reservas dos meios de hospedagem, alimentação e translados necessários para equipamentos e bagagens com antecedência.




O roteiro permite a utilização de carro de apoio?


Sim! Com excessão de dois pequenos trechos de trilha, que possuem acesso apenas para bike, o roteiro permite o uso de carro de apoio, recomendado apenas para veículos 4x4. Por isso esteja seguro quanto aos pontos de encontro entre as vias que seu carro de apoio deverá percorrer. OBS.: Não recomendamos o apoio com carros de passeio. Devido às estradas estarem localizadas em regiões remotas do interior, e estarem sujeitas às condições do clima, estas podem se tornar instrasitáveis para veículos pequenos, principalmente durante as estações de chuva.




Como é o sinal de celular durante as etapas do roteiro?


Grande parte do roteiro percorre regiões remotas onde o sinal de celular é ruim e muitas vezes indisponível. Geralmente nos municípios de início e final das etapas contam com sinal de telefonia móvel restrito a algumas operadoras. Para a utilizar a navegação pelo aplicativo Wikiloc em seu smartphone não é necessário que haja sinal de internet móvel, e para tal, você deve baixar os arquivos previamente para seu aparelho e ao iniciar o percurso ative o sistema de GPS do seu celular, independentemente de haver ou não sinal de telefonia móvel ou internet.




É obrigatório começar o roteiro na etapa 1?


Não! Você poderá iniciar seu passeio em qualquer uma das 7 etapas. O roteiro da Volta das transições percorre um trajeto circular, sendo assim, o percurso será completado no mesmo ponto de início de sua atividade.





Confira mais algumas dicas úteis

- Por ser percorrido entre serras, o roteiro exige um mínimo de preparo físico e experiência, principalmente para o cicloturista que pedala usando alforges ou mochilas com toda sua bagagem.

 

- Devido a depredação dos marcos de sinalização (totens), aconselharmos a todos os ciclistas que forem fazer sua auto viagem (sem GUIA), baixem em seus smartphones o aplicativo de navegação Wikiloc .Nele se encontram todas as etapas e alternativas da Volta das Transições com as devidas informações sobre pontos de apoio, carimbo, hospedagens, refeições e entroncamentos do roteiro.

 

- Toda a rota, no aplicativo Wikiloc, pode ser baixada para equipamentos de GPS Garmim.


- Certifique que sua bike esteja apropriada para a prática da atividade, fazendo a revisão na mesma antes de sua viagem pois nem todas as cidades do roteiro possuem oficinas de bike estruturadas.


- Aos Ciclistas que forem usar Carro de Apoio certifiquem-se dos pontos de encontro e das vias que o carro percorrerá, nem todo roteiro é transitável com o carro de passeio (trilhas e estradas rurais de difícil acesso ,principalmente no verão)


- Programe sua viagem, estude todas as etapas e informações do roteiro.


- A maioria das cidade e infraestruturas são de pequeno e médio porte. Agende com antecedência suas hospedagens e refeições.

...

Associação dos Municípios do

Circuito Turístico Serras de Ibitipoca

EQUIPE TÉCNICA DO PROJETO

Gabriel Fortes,  Mauricio Brasilli,  Felipe Teixeira,  Marcio Lucinda,

Marciano Fortes,   Wanderson Cezano,    Henrique G. Delgado