Gabriel Fortes,  Mauricio Brasilli,  Felipe Teixeira,  Marcio Lucinda,

Marciano Fortes,   Wanderson Cezano,    Henrique G. Delgado

EQUIPE TÉCNICA DO PROJETO

Associação dos Municípios do

Circuito Turístico Serras de Ibitipoca

Desenvolvimento da Volta das Transições 

AS Ideias, pessoas e caminhos para chegarmos até aqui

      Nesse breve histórico, compartilhamos nossas experiências, desde a concepção, até a implementação de um roteiro de cicloturismo, sendo o projeto, pioneiro na Zona da Mata mineira. Esperamos que nossas experiências sirvam de modelo e possam inspirar mais iniciativas deste tipo em outras regiões do Basil! 

    "Se é verdade que uma viagem produz momentos inesquecíveis, a afirmação é ainda mais verdadeira quando o meio de transporte utilizado é a bicicleta. (...) A bicicleta possibilita uma integração total com o ambiente ao seu redor. Nada passa despercebido, mesmo os acontecimentos mais corriqueiros são vistos com outros olhos, adquirem outras dimensões." (BORBA apud ROLDAN, 2000, p. 6)

    Lançado em 2016, o Cicloturismo Volta das Transições representa concretização do sonho de um e do trabalho de muitos profissionais, parceiros e voluntários, engajados na execução do projeto para o benefício de toda uma rede, envolvendo a comunidades, o trade turístico local e seus visitantes.

    O Circuito Serras de Ibitipoca, responsável pelo gerenciamento executivo do projeto, com objetivo de promover, de forma inclusiva, o desenvolvimento econômico dos municípios associados, por meio da diversificação das atividades oferecidas aos visitantes, através do esporte, proporcionando o aumento efetivo do fluxo turístico na região considerada em sua totalidade.

A IDEIA | Por Gabriel Fortes

"A ideia para a Volta das Transições surgiu em 2012. Enquanto guiava ciclistas por entre rotas que já havia traçado na região, imaginei que poderia ser feito algo muito maior. Então escrevi o roteiro de forma a incluir as dez cidades do Circuito aumentando a integração e o fluxo de turistas entre as localidades da região. O projeto foi apresentado para a Associação dos Municípios do Circuito Turístico Serras de Ibitipoca, sendo aprovado de forma unânime, viabilizando a realização do roteiro."

Gabriel Fortes

Idealizador da Volta das Transições, é empresário, natural de Ibitipoca, proprietário da Sauá Operação e Turismo, a mais de 10 anos atua como guia credenciado do Parque Estadual de Ibitipoca, sendo um dos maiores especialistas em ecoturismo associado ao Circuito Serras de Ibitipoca.

  Com o apoio do Circuito, Gabriel foi a campo, efetivando o mapeamento do roteiro, incluindo os atrativos de cada cidade, e o levantamento das estruturas de hospedagem, alimentação e suporte técnico inseridos no percurso para a formatação das etapas do roteiro.

 

   Posteriormente realizamos a visita técnica ao Vale Europeu, em Santa Catarina,  cuja bem sucedida iniciativa no cicloturismo serviu de base e inspiração para aperfeiçoar as estruturas que viriam a formar o Roteiro da Volta das Transições.

    Circuito de Cicloturismo é uma proposta de roteiro a ser seguido por turistas que usam a bicicleta como meio de locomoção, no qual são instaladas algumas infraestruturas de apoio (...) Um Circuito de Cicloturismo contará com um mapa contendo orientações do roteiro a ser seguido, informações sobre as distâncias e condições do caminho, além da indicação de atrativos turísticos e de estruturas de apoio e de recepção aos viajantes. (SOARES, 2010, p.18)

A EQUIPE |  Circuito Serras de Ibitipoca

   A criação do grupo de trabalho através da Circuito Serras de Ibitipoca, deu continuidade à implementação do roteiro. A equipe formada por diversos profissionais, especialistas em suas áreas e amantes do ciclismo, definiu as necessidades quanto ao mapeamento e sinalização, as ferramentas de navegaçãocomunicação e interação que seriam disponibilizadas aos usuários tanto em estruturas físicas quanto na plataforma web do roteiro.

GRUPO DE

TRABALHO

FELIPE TEIXEIRA

Turismólogo

MARCIO LUCINDA

Turismólogo

GABRIEL FORTES

Guia

MAURICIO BRASILLI

Publicitário

MARCIANO JUNIOR

Guia

HENRIQUE GEISSLER

Técnico em Turismo 

RONALDO NUNES

Atleta

VITOR CUNHA

Atleta

WANDERSON CESANO

Atleta

   Como resultado, obtivemos a formatação de um conjunto sólido de recursos que hoje compõem uma ferramenta útil e operacionalmente viável quanto aos custos de gerenciamento dessas estruturas.

    Seguem abaixo as estratégias adotadas para o alcance dos objetivos mencionados em cada uma das ações específicas realizadas durante a implementação do roteiro.

Felipe Teixeira

Turismólogo, Presidente do Circuito Serras de Ibitipoca no período,  responsável pelo direcionamento das ações de implementação do Roteiro Volta das Transições

Marcio Lucinda

Turismólogo, Gestor do Circuito Serras de Ibitipoca,  responsável técnico das ações de implementação do Roteiro Volta das Transições

SINALIZAÇÃO | Por Felipe Teixeira / Marcio Lucinda

"Iniciamos em março de 2016 as atividades para a sinalização do roteiro. Com o apoio da equipe do Circuito, percorremos  todas os 10 municípios associados, realizando a instalação dos totens que sinalizam os caminhos do roteiro por entre os diversos vilarejos e povoados das zonas rurais de nossa região."

  O layout das placas foram planejados de maneira a direcionar e localizar os ciclistas durante o trajeto, que em sua maioria, percorre estradas vicinais e pouco sinalizadas.  Cada totem traz informações sobre a localidade, a etapa e a quilometragem em que o ciclista se encontra em relação ao roteiro completo além de direcionar o caminho a ser seguido. Veja mais sobre a sinalização aqui!

   A confecção dos totens, seguem os princípios da sustentabilidade através do reaproveitamento da madeira de "dormentes" como suporte das placas acrílicas, sendo estes, materiais de alta durabilidade com um baixo impacto na paisagem local. 

Aplicativo e planilhas

As opções de métodos para navegação na Volta das Transições podem ser encontradas clicando aqui:

ROTEIROS E MAPAS 

NAVEGAÇÃO | Circuito Serras de Ibitipoca

"Escolher como chegar lá, faz parte de liberdade quanto aos direitos de ir e vir. Pensando nisso, buscamos diversificar ao máximo as maneiras por meio das quais seria possível a navegação do roteiro. Proporcionando a realização das etapas por meio de novas tecnologias ou através de métodos mais tradicionais  navegação."

  Após a conclusão da sinalização, organizamos uma expedição piloto, onde acompanhamos um grupo bem preparado de atletas percorrendo, em 4 dias, as 7 etapas do roteiro.

Durante a expedição, coletamos as informações de geo-referenciamento nos aplicativos mobile, os dados para confecção das planilhas de navegação e a composição do acervo fotográfico para divulgação do roteiro por meio da plataforma web.

ESTRUTURA WEB | Por Mauricio Brasilli

"O principal objetivo no desenvolvimento web para o Volta das Transições foi o de encontrar e integrar ferramentas que proporcionassem autonomia para o ciclista quanto a navegação do roteiro e a interação deles com o Circuito antes, durante e depois do passeio, priorizando o acesso à informação com a racionalização de custos para a operação por parte a do Circuito Serras de Ibitipoca"

Mauricio Brasilli

Fotógrafo e Publicitário especialista em Marketing turístico, atua a 16 anos no desenvolvimento de estruturas de comunicação digital e mídia impressa.